sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

A Irmandade da Adaga Negra

Primeiro post de 2011!

Pois é, e mais uma vez venho vos falar de livrinhos...

Acho que já tinha falado sobre o primeiro livro desta tentadora colecção...estes livros são qualquer coisa de maravilhosos, completamente viciantes! Estou oficialmente vidrada neles.

A Irmandade da Adaga Negra é uma colecção de livros escritos por J.R. Ward. São romances passados no mundo dos vampiros; mundo esse que não é como nós estamos habituados a ler...

Cada livro, teoricamente, foca um dos elementos da irmandade (digo teoricamente porque já sei que o quarto livro foca outra personagem exterior à irmandade, mas isso não é mau, é bom!), e mostra a história do mesmo e o rumo que leva. Estamos a falar de um romance com elevado teor erótico, por isso, além das trevas, do sangue, da violência, esperem também muita ternura, romance, erotismo e paixão.

Neste mundo criado por J. R. Ward, temos três 'espécies' distintas. Os humanos, os vampiros e os minguantes. Os humanos não têm assim muiiita importância nestes romances, salvo raras excepções. A grande batalha é travada pelos Vampiros VS Minguantes. E claro que damos por nós e estamos a torcer fervorosamente pelos nossos queridos vampiros.

Cada elemento da irmandade tem características únicas, e é deliciosa a forma como a autora os descreve.

Em Portugal ainda só foram editados três livros:



Aguardo ansiosamente pelos proximos! :)

5 comentários:

  1. Sombrio, Violento e Sensual? Hummm...
    Não sei se bate Anne Rice, mas vou tentar ler. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tah de brinca!!!!!!!! pode ler q vc vai ver!!!!!!!!

      Eliminar
  2. Para mim, bate aos pontos. Anne Rice tem demasiada descrição, torna-se aborrecida, para mim. A Ward é mais directa e apaixonada na escrita. Gosto muito. =D

    ResponderEliminar
  3. Já li tudo da Anne Rice que envolva vampiros e bruxas. Não há nada que se compare ao Lestat. A escrita da Anne Rice é mais complexa, mais profunda e mais dificil. Estes novos livros de vampiros, que eu também adoro, não são tão complexos nem tão dificeis. Já li os tres primeiros da Irmandade. Adorei. Mas tratam de amor, sexo, de uma história ao fim e ao cabo simples. Anne Rice não. Quem leu o Memnoch sabe do que estou a falar. É muito mais complexo levantando questões que nos fazem realmente pensar.É de um nível que ainda estou para ver alguém lá chegar...

    ResponderEliminar
  4. Só li da Anne Rice a Entrevista com o Vampiro e não gostei.

    Se quiser ler algo que me faça levantar questões para pensar, tenho os livros do José Luis Peixoto ou do José Saramago... ;)

    Mas gostos são gostos :D

    ResponderEliminar